Brazil: Songs of Protest – Zelia Barbosa Sings of the Sertão & Favela, 1968

Este disco é uma reedição americana do clássico “Brésil: Sertão & Favelas” da cantora pernambucana Zélia Barbosa originalmente lançado na França em 1968.

Aqui, Zélia interpreta de uma maneira bem intensa (no estilo Maria Bethânia) canções que transformaram a música brasileira num veículo de expressão e contestação da situação do Brasil nos anos 60 e que continua fazendo sentido até hoje. Nas palavras dela: A música naquele momento não era só música. Era um movimento, era uma maneira de se fazer política, era protestadora, levantava a multidão e mexia com a Censura. Era a verdadeira Música Popular Brasileira.”

Nas letras, são descritas as dificuldades dos trabalhadores das plantações exploradas pelos latifundiários, dos habitantes das favelas que deixam suas famílias para trabalhar duro e esperam por um aumento que nunca aparece, de pessoas forçadas a abandonar suas casas por conta da seca, entre outras dificuldades.

Zélia vem acompanhada de Raquel Chaves no violão (artista que pouco sabemos, assim como muitas outras mulheres instrumentistas da época) e Nelson Serra de Castro na percussão (baterista carioca que tocou no conjunto 3D, de Antonio Adolfo, com Elis Regina, Osmar Milito, Baden Powell e muitos outros talentos) transformando esses protestos num samba jazz/hard bossa de altíssima qualidade

Na contra capa:
“To sing of the sea, the sky and the flowers, that is not enough

Destaque para as faixas “Funeral do Lavrador”, “Opinião”, “Pedro Pedreiro” e “Carcará”.

Músicas

  1. Opinião (Zé Keti)
  2. Funeral do Lavrador (João Cabral de Mello Neto / Chico Buarque)
  3. Pedro Pedreiro (Chico Buarque)
  4. Sina de Caboclo (João do Vale / J. B de Aquino)
  5. Chegança (Edu Lobo / Oduvaldo Viana Filho)
  6. Pau de Arara (Carlos Lyra / Vinicius de Moraes)
  7. Carcará (João do Valle / José Candido)
  8. Canção da Terra (Edu Lobo / Ruy Guerra)
  9. Zelão (Sérgio Ricardo)
  10. Feio, Não é Bonito (Carlos Lyra)
  11. Cicatriz (Zé Keti / H. B. de Carvalho)
  12. Nega Dina (Zé Keti)

 

Zelia Barbosa – Funeral do Lavrador

 

Zelia Barbosa – Opinião

 

Zelia Barbosa – Pedro Pedreiro

 

Zelia Barbosa – Carcará

2 comentários sobre “Brazil: Songs of Protest – Zelia Barbosa Sings of the Sertão & Favela, 1968

  1. Raul Zim DiMaio 11 de maio de 2019 / 16:09

    A música brasileira, é vasta, vastíssima, quase inalcançável , inesgotável, é preciso preencher, todos os momentos, hiatos, em busca de todos os Gêneros musicais, principalmente os esquecidos e inauditos a fim de ver a luz do dia dos nossos tempos atuais, pelo que vejo á essa a intenção do blog. Sucesso lhe espera !!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s